Quem sou eu?

Uma das questões mais relevantes da vida, a meu ver,  gira em torno da compreensão da identidade de cada um de nós. Somos criados por Deus, o artista mais criativo do universo, que nos fez a cada um com um design único.

Somos obra de Deus, criados com uma identidade própria para cumprir um propósito aqui na terra. A partir do conhecimento de Deus, conseguimos compreender a nossa identidade e o propósito pelo qual somos como somos, e para qual finalidade existimos.

Neste texto, eu gostaria de compartilhar um pouco a respeito desse assunto, e por isso gostaria de citar três questões cruciais que estão interligadas dentro desse tema:

  1. Quem sou eu?
  2. Qual é o meu dom, talento ou habilidade?
  3. Como unir estas questões com vistas à identificação e cumprimento do meu propósito de vida?

Ao escrever sobre este assunto, me lembrei da Escola Adorando que realizamos no ano de 2007. Na reunião de abertura da escola, por um direcionamento de Deus, eu deixei para os alunos estas três perguntas acima , e disse a eles: se ao final da escola vocês tiverem estas três simples questões esclarecidas,  certamente vocês irão avançar muito na vida e ministério de vocês.

Me lembro da reação de um dos alunos especificamente, que por coincidência era um pastor bem jovem. Ele me procurou ao final de uma aula e compartilhou comigo o tanto que ficara atordoado por não ter respostas para essas questões.  Sinceramente, eu não tinha ideia do quanto Deus queria mexer com aquela turma através dessas perguntas.

De qualquer maneira, te convido a refletir sobre este assunto comigo, na esperança de que você seja edificado e instigado a buscar estas respostas em Deus, caso você não as tenha ainda.

“Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia. E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grandes são as somas deles!”

Salmos 139:14-17

Este salmo expressa muito bem sobre o assunto da nossa reflexão e nos traz uma fundamentação importante sobre a qual eu gostaria de ressaltar dois pontos:

Identidade  e propósito:

1.Fomos criados por Deus;

2. Para cumprir um propósito.

 

Conforme eu citei anteriormente, o conhecimento de Deus e o nosso relacionamento com Ele nos dá um entendimento muito claro da nossa identidade e isso é libertador para que possamos romper de fato e nos alinhar aos pensamentos e propósitos Dele a nosso respeito. (Leia mais sobre este assunto no texto Superficialidade X Profundidade). Jesus é o nosso maior exemplo de alguém que teve sua identidade sustentada em seu relacionamento com o Pai e caminhou integralmente dentro disto. Filipenses 2:5-11

Constantemente somos bombardeados com “verdades” a nosso respeito, baseadas em fatos, padrões e pensamentos humanos estabelecidos por nós mesmos ou pela sociedade que nos cerca, que nos levam a viver uma eterna comparação com os outros. De fato, somos cercados por verdades que  nem sempre são fundamentadas na VERDADE , ou seja, na palavra de Deus, e por isso andamos em círculos e não fluímos na vida.

O que a Bíblia diz a nosso respeito:

1. Somos criados por Deus – Salmos 139:13-15
2. Criados à imagem e semelhança de Deus – Gênesis 1:27
3. Nova criatura – 2Coríntios 5:17
4. Filhos e herdeiros de Deus – 1João 3:1-2; Gálatas 4:1-7
5. Tesouro particular de Deus – Êxodo 19:5,6
6. Livres – Gálatas 5:1
7. Templo do Espírito Santo – 1Coríntios 6:19,20
8. Amigos de Deus – João 15:15
9. Sacerdócio real – 1Pedro 2:5,9

Certamente é libertador, quando nos alinhamos com a palavra de Deus e entendemos quem somos em Cristo.

Baseados nesta compreensão de nossa identidade, podemos chegar a algumas conclusões a respeito do propósito da nossa existência, Na próxima semana darei continuidade a este assunto no texto: Para que eu existo?

Espero ter contribuído de alguma forma para você que tem lutado com estas questões.  Gostaria de deixar um vídeo de uma ministração que fala do nosso lugar em Deus.

 

Deus abençoe sua vida,

Christie Tristão.

Comentários

comentários

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.