Vivendo o extraordinário – Mergulhando em Deus

Vivendo o extraordinário - Mergulhando em Deus
"Espero que ao ler este texto, você se sinta encorajado e inspirado a viver esta experiência que pode mudar sua vida, assim como aconteceu comigo."

Me converti muito jovem e desde então compreendi que o tesouro maior é Cristo. Deus foi tão gracioso comigo, que me recebeu como filha num momento da minha vida em que Ele sabia o quanto eu precisaria de um pai amoroso como somente Ele é. Naquela época vivi uma situação muito delicada, que foi o divórcio dos meus pais e consequentemente a ausência do meu pai durante a minha adolescência.  Desde então aprendi a percorrer constantemente o caminho da fonte em busca de pão , água e amor. Me envolvi no ministério muito cedo e me tornei uma “workaholic” na igreja. Isso foi bom, porque gastei minha adolescência servindo à Deus e às pessoas, mas foi ruim, porque pelas dores que havia vivido, pensei que pelo muito “fazer”, Deus poderia me amar um pouco mais.

Mesmo com toda a possibilidade de andar com Deus e fazer algo pra Ele, eu sentia que algo ainda estava faltando em minha vida cristã., até que na primavera de 1994 vivi uma experiência extraordinária com Ele. Ali entendi que viver o extraordinário somente é possível, Mergulhando em Deus. Deus se importa primeiramente com o que somos e não com o que fazemos pra Ele. Ele não nos ama mais porque trabalhamos pra Ele, não nos abençoa mais porque somos bonzinhos e merecemos algo. Ele é um Deus extraordinário, que torna a nossa vida extraordinária, simplesmente porque em Cristo fomos adotados com seus filhos e Ele é bom. Ele deseja se revelar a nós todos os dias, nos atrai pra perto para experimentarmos de Sua essência e Sua boa, agradável e perfeita vontade.

Mas ele me disse:

Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza . Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. 2Co 12:9

Me desculpem a introdução gigante deste texto, mas desde que me propus a escrevê-lo, compreendi que somente poderia falar deste mergulho, baseado no que creio e vivo. Muitas vezes criamos padrões de espiritualidade inalcançáveis ou passamos anos da vida tentando terceirizar o nosso relacionamento com Deus. Esperando que através das pregações, conferências, canções , influenciadores cristãos sejamos alimentados e isso se torne suficiente para que possamos viver o extraordinário em Deus. Tudo isso é legítimo desde que a nossa fé, esperança e confiança esteja em Deus e não em pessoas. Mergulhar em Deus só é possível a partir da nossa resposta ao Seu chamado para vivermos juntos num relacionamento mais profundo.

Então, pensando de uma forma prática, eu gostaria de compartilhar com muita simplicidade alguns conselhos que podem te ajudar  a mergulhar em Deus.

1. Coloque os seus olhos em Jesus – somos humanos e temos a tendência de nos referenciarmos em pessoas ao ponto de tê-las como norte de conduta de vida. Pessoas falham, nós falhamos e mesmo que sejamos usados por Deus para abençoar vidas, podemos errar. Jesus não!!!! Ele é perfeito!!!!! Focar Nele, nos torna alimentados de esperança, força, poder e graça para vencermos o bom combate da vida e um dia completar a nossa carreira.

2. Priorize tempo na presença de Deus – o tempo a gente faz, não é o que se diz? E isso é uma realidade. As nossas prioridades, somos nós mesmos quem as definimos. Cada vez mais, temos a sensação de que o tempo está mais curto e certamente somos tomados de pensamentos que nos conduzem à alta performance, produtividade, desenvolvimento e blá,blá,blá. Como venho dizendo aqui, viver tudo isso de uma forma leve e em paz, só é possível quando damos primazia para Deus do nosso tudo, inclusive do nosso tempo.

3. Desenvolva uma vida de adoraçãoAdorar é a nossa resposta ao amor de Deus, em tudo o que somos e fazemos. Por muitos anos eu pensei que adorar era quando eu estava na igreja entoando cânticos que enalteciam a Deus. Isso também é adora-lo desde que flua de um coração sincero à Ele, mas e a vida, o cotidiano, as nossas atividades normais? Podemos tornar tudo isso em nossa atitude adoração, quando decidimos existir e fazer tudo para a glória de Deus e não a nossa.

4. Ore, jejue, leia a palavra – Isso é prático e é uma forma de nos alimentarmos todos os dias de Deus. Assim como nosso corpo natural necessita de alimento para viver, o nosso ser espiritual também. Sem buscarmos à Deus todos os dias, vamos nos tornando subnutridos espiritualmente, e assim, não viveremos o extraordinário em Deus.

5. Busque relacionamentos que te edifiquem – Caminhar com gente que edifica é um ponto importantíssimo para mergulhar em Deus. Deus estabeleceu uma igreja, composta de gente que se edifica mutuamente e é importante estarmos numa atmosfera de comunhão e troca . Conforme eu citei no início do texto, não vamos terceirizar aquilo que é a nossa responsabilidade individual, mas sem dúvida, Deus derrama algo especial e único através uns dos outros.

E por fim, creia, creia e creia que o Deus extraordinário te chama para mergulhar cada vez mais fundo Nele! Isso não é para os grandes, famosos, poderosos, e sim, para os filhos de Deus. Espero que ao ler este texto, você se sinta encorajado e inspirado a viver esta experiência que pode mudar sua vida, assim como aconteceu comigo um dia e foi suficiente para me fazer voltar constantemente nesse lugar Nele, onde sou abastecida de amor e de esperança do que nos espera na eternidade.

Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite no coração de vocês mediante a fé; e oro para que, estando arraigados e alicerçados em amor, vocês possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus. Efésios 3: 16-19

Deus o abençoe.

Christie Tristão.

Comentários

comentários