A Oração Modelo – Parte 1

oração modelo parte 1
Artigo sobre como orar à luz da palavra

Êxodos 25: 40. “Toma o cuidado de fazer tudo conforme o modelo que te foi mostrado no monte.”

Esta passagem é muito poderosa e traz para nós uma responsabilidade muito profunda, pois a sua observação determina os resultados planejados por Deus e mostra claramente que Ele revela, àqueles que chamou, a maneira como devem viver e realizar as obras de forma que O glorifique.

Em Mateus 5,6 e 7, temos o relato sobre o Reino de Deus, conhecido como o Sermão do Monte, e é neste monte que Jesus, no capítulo 6.9-13, apresenta a todos os que estavam presentes, mas sobretudo aos seus discípulos, a oração modelo também conhecida como Oração do Pai nosso. Modelo este que, a exemplo do que Deus disse a Moisés, deve ser atentamente observado e praticado.

Em Lucas 11.1-4, vemos que o ensino da oração modelo é precedida pela súplica de um dos discípulos de Jesus que clama para que Ele os ensine a orar. Este pedido é interessante, pois os discípulos não eram totalmente leigos a respeito da oração. A oração fazia parte da sua educação e prática religiosa e,apesar disto, havia uma clara percepção de que a oração de Jesus continha elementos que eles nunca tinham alcançado. Eles oravam, obtinham resultados, mas percebiam claramente que estes resultados ainda não eram tão satisfatórios quanto aos que Jesus obtinha.

Quantas vezes não nos sentimos assim em nossas orações?

Oramos, obtemos respostas, mas a sensação é que algo está faltando. Parece que não chegamos ao ponto central.

“Que angústia imensa é perceber que todo clamor apenas ecoa no próprio eu, que nosso coração e nossa boca falam a linguagem errada, que Deus não quer ouvir!” Dietrich Bonhoeffer

O desejo deste discípulo de Jesus também deve ser o nosso desejo ardente:

  • Sermos “batizados” com o espírito da oração poderosa e eficaz (Tiago 5.16);
  • Entendermos quão vital para nossa vida espiritual é a oração;
  • Sabermos como orar de forma que Deus seja glorificado.

A Oração Modelo é regada de poder, simplicidade (sem ser simplista), autoridade e profundidade.

Veja também: O que significa entrar na presença de Deus em adoração?

Antes de Jesus a ensinar,  Ele destaca a importância do vocabulário na oração:

“E, quando orardes, não useis de repetições inúteis, a exemplo dos gentios; pois eles pensam que serão ouvidos pelo muito falar”. Mateus 6.7

Nosso vocabulário, ao orarmos, precisa estar regado com palavras que sejam úteis. A grande fonte que temos para um vocabulário saudável, útil e eficaz para orarmos são os Salmos – O grande Livro de Orações.

“Quem (…) começou a orar o Salmo com seriedade e regularidade, logo dispensará as próprias orações superficiais e piedosas dizendo: ‘Elas não têm o sabor, a força, a paixão e o fogo que encontro no Saltério. São muito frias e rígidas’ “ Lutero

Após este destaque, Jesus ensina a oração que pode ser feita em pouquíssimos minutos.

“Portanto, orai deste modo: Pai nosso que estás no céu, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como também temos perdoado aos nossos devedores;  e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. Pois teus são o reino, o poder e a glória, para sempre. Amém.” Mateus 6.9-13

Continue lendo sobre como orar segundo a bíblia. Clique e leia A Oração Modelo – Parte 2.

Jefferson Ilário

 

 

 

Comentários

comentários