o poder das mídias sociais para a igrejas

Vamos começar falando de dados estatísticos para que você entenda a poderosa ferramenta evangelística que você tem em suas mãos com as mídias sociais.6

De acordo com a pesquisa da agência eMarketer, o Brasil é o país com mais usuários de mídias sociais da América Latina, com um total de 93,2 milhões. Considerando que atualmente a população do Brasil está estimada em 207,6 milhões, estamos falando de cerca de 45% de brasileiros conectados nas redes. Acho que esse dado já seria o suficiente para eu parar de escrever por aqui, não é mesmo? Mas vamos lá: me diga quando, em toda a história da humanidade, foi possível através de um clique alcançar tanta gente ao mesmo tempo?

Neste momento, eu me lembro daquele versículo em que Jesus disse que faríamos obras maiores que ele. Você já parou para pensar que pode ser pelo fato de que hoje conseguimos alcançar muito mais pessoas do que naquela época? Isto é, podemos ir mais longe no anúncio da verdade, podemos alcançar milhões de pessoas em poucos minutos e isso é realmente grande! Uma multidão a um clique de distância.

Vejo o fenômeno das redes sociais como uma grande resposta à maior carência da humanidade: estar conectado a alguém, ainda que isso se dê através de um aparelho eletrônico. Queremos pertencer, queremos estar ligados a algo ou alguém e isso nos leva a buscar meios que nos proporcionem interações.

Isso deixa claro que as pessoas estão desesperadamente buscando algo, elas querem se sentir parte de algo e porque não aproveitamos isso para apresentar o REINO a elas?

A igreja está perdendo tempo demais focando seus esforços em ações que já não funcionam para esse momento, para essa geração (não falo apenas dos jovens, mas de todos os que estão vivos agora). Não estamos obtendo os mesmos resultados nos evangelismos tradicionais porque as pessoas mudaram sua forma de interagir, a sociedade toda mudou e não podemos ignorar isso. A forma de conexão hoje em dia é diferente daquela de 10 anos atrás e penso que o mais importante agora é discernir essa estação e agir de forma estratégica para o avanço do Reino de Deus.

Você já pensou na possibilidade de discipular pessoas em qualquer lugar do mundo? De ter células ou pequenos grupos pela web? Pois é, isso é possível graças à internet. Você não precisa que sua igreja esteja fisicamente em um lugar para expandir! Uau isso não é incrível?

Existem diversas formas de utilizarmos a força de alcance das redes sociais para espalharmos uma mensagem e eu gostaria de deixar aqui algumas dicas para que você e sua igreja possam ter êxito nessa estratégia.

  1. Pesquise as boas práticas

Antes de qualquer coisa, você precisa entender como trabalhar com as redes sociais e nada melhor do que aprender com quem já está fazendo coisas interessantes e muito legais. Sugiro que você dê uma olhada em algumas contas internacionais, como o Instagram, Faceboook e Youtube da Hillsong, Bethel Church, Mosaic Church, Elevation Church, Lakewood Church e por aí vai. Observe os padrões, a qualidade das imagens e principalmente a criatividade com que essa galera tem trabalhado e, com isso, alcançado o mundo todo.

 

  1. Defina um objetivo

A primeira coisa a fazer é pensar naquilo que você deseja alcançar com suas postagens (espalhar uma visão, divulgar um evento, mobilizar pessoas etc). Com isso esclarecido, fica fácil não sair do foco, pois tudo o que você fazer deverá ser construído em volta desse objetivo. Do contrário, fica fácil se perder no caminho.

 

  1. Escolha seu público-alvo

Qual é a classe ou grupo de pessoas que você deseja atingir? Adultos, jovens, adolescentes? Qual a idade média deles? Apenas moradores da sua região ou todo o Brasil e as nações? Essas perguntas são básicas, mas muito importantes para você direcionar a mensagem para as pessoas certas, pois no Facebook e Instagram, por exemplo, você consegue escolher quem deve ver sua publicação. Os grupos também são uma boa opção no caso de públicos específicos.

 

  1. Monte o conteúdo

Esse momento é o mais importante, pois é o conteúdo que vai determinar o sucesso de sua estratégia. Ele tem que ser interessante, tem que chamar a atenção das pessoas e aqui você pode usar toda a sua criatividade. Monte séries no Youtube com cenários criativos, escreva frases de impacto e transforme-as em imagens, faça vídeos de 1 minuto, crie artigos e escolha uma imagem chamativa para ser a capa, enfim, essa é a massa do bolo e precisa ser bem preparada. Não esqueça que o conteúdo está intimamente ligado ao seu objetivo!

 

  1. Escolha os canais sociais

 

Pronto, com tudo isso montado agora é hora de espalhar sua mensagem. Hoje, existem diversas redes sociais, mas no Brasil as mais utilizadas são: Facebook, Whatsapp, Youtube e em quarto lugar está o Instagram (depois: google+, Skype, Twitter, LinkedIn, Snapchat e Pinterest). Descubra onde está a maior parte do seu público alvo e dispare as postagens.

 

  1. Monitore os resultados

 

Bem, feito isso, agora é monitorar! Isso mesmo, faz parte da boa estratégia monitorar os resultados. O Facebook Analytics, por exemplo, é uma ótima ferramenta para começar, lá você vai descobrir quais as postagens mais curtidas e compartilhadas, quais cidades e países viram suas postagens, entre muitas coisas.

E para finalizar, minha dica de ouro: submeta tudo isso a Deus, certamente ele vai te inspirar na melhor estratégia para expansão e avanço do Reino.

Abraços

Ligia Gon

Comentários

comentários