11 Razões para Adorar com Sua Família

11 Razões para Adorar com Sua Família

Adorar a Deus juntos como uma família foi algo que não começou fácil para nós. Mesmo sendo um pastor, no começo me senti estranho ao liderar minha família na adoração (especialmente para cantarmos!). Entretanto, agora isso se tornou parte de nossa vida familiar. Não, é mais do que apenas parte – está bem no centro do que significa ser uma família para nós. Agora isso é uma alegria, e esses momentos não são tão desajeitados e estranhos como eram antes. Um lar Cristão deve ser centrado em Cristo, e se ele está centrado em Cristo, então o lar estará preenchido com adoração.

A maioria dos Cristãos evangélicos estão cientes da importância da adoração secreta e congregacional, mas poucos nem mesmo ouviram falar sobre cultos domésticos. O que são cultos domésticos? É bem simples. Hoje à noite, sente-se com sua família no sofá ou na mesa de jantar. E então… orem juntos, leiam a Bíblia juntos e cantem um grande hino da fé juntos. Há muitas razões para realizar cultos domésticos, mas mencionaremos apenas um punhado delas. Os cultos domésticos:

1. Glorificam e Honram a Deus – Essa é a razão primária e essencial.

2. Centralizam o Lar – Os cultos domésticos têm o efeito maravilhoso de centralizar nossos lares em Cristo.

3. Encorajam o Caráter Cristão – O lar talvez seja o lugar mais difícil de viver nossas vidas Cristãs. Há uma razão pela qual Paulo fala com cada membro da família Cristã nas passagens sobre o lar e a família de Efésios 5-6 e Colossenses 3. É uma triste realidade o fato de muitas vezes manifestarmos o caráter de Cristo na igreja, no local de trabalho e na comunidade de forma mais consistente do que em nossos próprios lares. Se há um lugar que devo estar especialmente vigiando contra o pecado, a carne e nosso adversário, é em nosso lar. A casualidade e a familiaridade são um pronto campo de jogos para o pecado.

4. Encorajam a Paz do Lar – Somos pecadores vivendo bem próximos uns dos outros, debaixo do mesmo teto. Essa é uma receita para o desastre, ou pelo menos para a dor! Conhecemos nossos familiares, e os conhecemos bem. Os cultos domésticos ajudam-nos a confrontar nosso pecado e entender seu efeito sobre cada um de nós. Por exemplo, é terrivelmente difícil para um pai liderar sua família em adoração se ele acabou de gritar com sua esposa. Se ele irá liderar sua família perante o trono da graça, ele terá que pedir o perdão de sua esposa primeiro. E ela descobrirá que é difícil adorar a menos que ela o perdoe de bom grado.

5. Unem a Família – Em nossa sociedade apressada e corrida há poucas coisas que uma família diariamente faz unida. Hoje em dia, até mesmo comer uma refeição juntos parece uma façanha. E se sua família se reunisse diariamente? E se esse ajuntamento fosse para a adoração? Isso se tornaria o aspecto mais importante e central da vida de sua família. Sua família inteira perceberá e entenderá que, não importa o que mais façamos ou não, a coisa mais importante que nos marca como uma família é que somos uma família adoradora submetida a Cristo. E essa ligação é um laço eterno que fortalece a família em todos os seus outros empreendimentos.

6. Proporcionam Conhecimento Comum – Conforme as Escrituras são lidas quando estamos juntos, no culto doméstico, a família cresce em conhecimento comum. As conversas ao redor da mesa de jantar ou no carro mudarão dramaticamente, visto que vocês terão conhecimento comum sobre o qual conversar.

7. Treinam as Crianças para a Adoração Congregacional – O culto doméstico fornece o benefício adicionado de treinar nossos filhos para a adoração congregacional. Conforme eles sentam e escutam a Palavra de Deus, ouvem orações e cantam hinos, estes elementos tomarão um novo significado na adoração congregacional. O valor disso não pode ser superestimado.

8. Encorajam nossos Filhos em Cristo – Eles verão que para a mamãe e o papai a adoração não é apenas algo que eles fazem nas manhãs de Domingo. É algo que está bem no núcleo do ser deles, tão importante que eles centralizam seu lar na adoração. Não estamos criando filhos apenas para que sejam pessoas morais e competentes, mas para que sejam adoradores do Deus trino.

9. Reforçam a Liderança Espiritual – O culto doméstico reforça a estrutura bíblica da família visto que ele olha para o pai (ou a mãe caso ela seja solteira) como o líder espiritual do lar. Conforme o pai lidera seus filhos e sua esposa perante o trono de Deus todas as noites e os discipula nas coisas de Cristo, eles olharão cada vez mais para ele por liderança espiritual. Isso tem o benefício adicionado de reforçar o manto espiritual que está sobre os ombros do pai ou marido.

10. Proporcionam um Discipulado Sistemático – Como sou pastor, frequentemente indivíduos se aproximam de mim com uma pergunta sobre como ministrar a seus filhos ou cônjuge em uma área específica. Normalmente eles estão preocupados com um pecado ou luta em particular na vida de um familiar. Desta maneira servimos como bombeiros correndo para extinguir este ou aquele problema. Às vezes isso é necessário, mas esse não deveria ser nosso curso de ação regular. O discipulado sistemático é uma abordagem muito melhor e é auxiliado pelo culto doméstico. Cultos domésticos diários fornecerão uma forte fundação que é construída ouvindo a Palavra diariamente, orando diariamente e dando graças diariamente. Construir uma casa forte leva tempo. Uma casa instável é o resultado do carpinteiro correndo de uma parede pouco firme para outra, para martelar um prego aqui ou ali.

11. Fornecem um Testemunho Geracional – Um dos maiores benefícios do culto doméstico é passarmos nossa fé para a próxima geração. Estamos ensinando nossos filhos a como ler as Escrituras, orar, confessar seus pecados, cantar para Deus e mais. Nossos filhos deixarão o lar com memórias dessa adoração diária. Eles terão aprendido por ter observado e participado em como procurar algo na Bíblia, interceder por seus futuros filhos e regozijar-se em Deus. E pela graça e misericórdia de Deus eles levarão isso para a próxima geração de nossas famílias.

Por: Jason Helopoulos. Copyright © 2011 The Gospel Coalition. Original: 11 Reasons to Worship with Your Family
Tradução: Milton Fernandes. Revisão: Filipe Castelo Branco.

Comentários

comentários