O Uso do Microfone

adorando_Microfone

A qualidade de som na igreja depende de vários fatores. Vamos comentar aqui somente o fator microfone da voz. Voz do pastor, voz do líder de louvor, dos vocalistas ou até a voz de um irmão que vai até a frente repentinamente para dar um testemunho. Como tirar um proveito melhor destes microfones?

Primeiro, é necessário ter consciência e um pouco de conhecimento por parte dos usuários. É muito simples!

Em geral, os microfones funcionam basicamente da mesma forma (do mais barato ao mais caro). Segurando um microfone na mão ou estando na frente de um microfone preso em um pedestal, é importante certificar-se de que ele esteja apontado para a boca, na direção em que o usuário estiver falando.

É comum ver pessoas segurando o microfone paralelamente ao corpo com a cápsula em direção ao teto e não em direção à boca. Esse cuidado é necessário por causa do “eixo de captação” do microfone. Uma regra bem simples irá ajudar a entender melhor sobre o “eixo de captação”. Imagine que o microfone seja uma lanterna (essas de pilha que se leva no porta-luvas do carro). Se seguramos a lanterna paralelo ao corpo, ela irá iluminar o rosto mas com o foco apontado para cima. Ao direcionar a lanterna para a boca, o foco estará no local certo.

Pense no microfone como sendo uma lanterna e “ilumine” sua boca, mantendo-o a uns dez centímetros de distância. É a posição em que o microfone estará captando a voz com melhor qualidade.

Em segundo lugar, o operador da mesa de som tem que estar ligado ao que está acontecendo no culto. O operador (ou técnico) também é um adorador e, como tal, deve estar atento às necessidades do encontro. Um vocalista pode fluir em cânticos ou palavra profética no meio da adoração. Isso tem que ser valorizado por quem está na mesa. Neste momento, levante o volume do microfone e retorne depois para onde estava.

Às vezes um irmão vai à frente compartilhar uma palavra e utiliza o microfone de alguém. Neste momento é necessário um ajuste momentâneo naquele microfone. O técnico de som é o responsável por fazer audível tudo o que Deus esteja falando em um encontro da igreja. Essa é a adoração do técnico.

Então, a consciência por parte dos usuários e dos técnicos ajudará bastante nos cultos. Claro que existem mais coisas que poderiam ser feitas, mas essas duas dicas ajudarão bastante a melhorar o som durante o culto.

Abner Borba Abner é gerente do estúdio da Life, onde começou a trabalhar em 12 de Junho de 1992 como técnico de áudio junto ao seu irmão Asaph Borba.

Fonte: www.adorar.net

Comentários

comentários